quarta-feira, 22 de julho de 2009

Marley & Eu de John Grogan


Chamam-se John e Jenny, eram jovens, apaixonados e estavam a começar a vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "uma bola de pêlo amarelo em forma de cachorro", que rapidamente se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos."
A MINHA OPINIÃO:

Uma história ternurenta onde se encontra o amor. O amor que se manifesta de várias maneiras e feitios. Marley é um cão desobiente que não conhece bom comportamento mas a sua lealdade é incondicional. Ao ler este livro, sorri com as diabruras do Marley e as tentativas vãs dos donos de as controlar. Encantei-me com a capacidade de amar de um cão que estava lá nos bons e maus momentos de uma família. Para quem é apaixonada de cães como eu, ler esta obra foi um deleite. Mas não é preciso gostar de cães para apreciar este livro. Depois lê-lo corri a ver o filme que capta a essência do livro na perfeição e tal como ele leva-nos aos sorrisos e às lágrimas. Aqui está um excerto do livro que simplesmente adorei:


"Um cão não julga os outros pela cor da pele, credo religioso ou classe social, mas sim por o têm dentro de si mesmas. Um cão não se interessa em saber se somos ricos ou pobres, educados ou iletrados, burros ou inteligentes. Dêem-lhe o vosso coração que ele dar-vos-á o seu."


video

Sem comentários:

Enviar um comentário