terça-feira, 12 de junho de 2012

O Beijo Encantado de Eloisa James

Forçada pela madrasta a ir a um baila, Kate conhece um príncipe... e decide que ele é tudo menos encantado. Segue-se um esgrimir de vontades, mas ambos sabem que a atracção irresistível que sentem um pelo outro não os levará a lado nenhum. Gabriel está prometido a outra mulher – uma princesa que o ajudará a alcançar as suas ambições implacáveis.
Gabriel gosta da noiva, o que é uma surpresa agradável, mas não a ama. Obviamente, deve cortejar a sua futura princesa, e não a beldade espirituosa e pobre que se recusa a mostrar-se embevecida.
Apesar das madrinhas e dos sapatinhos de cristal, este é um conto de fadas em que o destino conspira para destruir qualquer oportunidade de Kate e Gabriel poderem ser felizes para sempre.
A menos que um príncipe abdique de tudo o que o torna nobre...
A menos que o dote de um coração indisciplinado triunfe sobre uma fortuna...
A menos que um beijo encantado ao bater da meia-noite mude tudo.

A MINHA OPINIÃO:

Os romances de época não me têm agradado muito ultimamente. Eram leituras que apreciava por serem leves e com um final feliz. É certo que estes livros terão sempre uma grande previsibilidade quer seja no seu término quer seja na direcção da história porém, o desenrolar não é suposto ser igual a todos. Após algumas leituras decepcionantes neste género, O Beijo Encantado foi um alívio. Ele consegue original marcando a diferença por adulter um conto tradicional dando-lhe um ar mais moderno e em que a protagonista não é uma mulher indefesa e deprimente mas sim, inteligente, honesta e habituada a lutar pelo o que quer. Gabriel, o príncipe não é assim tão encantado. É emproado e habituado a ter tudo o que quer. Não é amor à primeira vista, é picardia ao primeiro olhar. As constantes quezílias e discussões dos dois tornam a relação mais credível e a química gradualmente mais intensa e electrizante. Eloisa James cria ainda personagens secundárias hilariantes como Henry, madrinha de Kate e tio maluco de Gabriel. O livro está polvilhado com humor e a inclusão de animais quer sejam cães ou leões é, indubitavelmente surpreendente e muito engraçado. A escritora brinca com as convenções do conto da Cinderela distorcendo-as, fazendo-as perder a infantilidade e e adequando-as à sua realidade mais madura. O Beijo Encantado foi uma leitura deliciosa e refrescante pois, já algum tempo que não li um romance de época tão bom.

4/7-BOM


PS: Obrigada C. pela prendinha!:)

4 comentários:

  1. "A menos que um príncipe abdique de tudo o que o torna nobre...
    A menos que o dote de um coração indisciplinado triunfe sobre uma fortuna...
    A menos que um beijo encantado ao bater da meia-noite mude tudo."

    Fiquei encantada pela descrição do livro !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. valley of the dolls,
      é um bonito romance de época.

      Eliminar
  2. Também li este e gostei! Não foi dos meus favoritos mas entretêm!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandra, numa frase resumiste tudo o que eu acho do livro!

      Eliminar