domingo, 21 de novembro de 2010

Devaneios Cinematográficos- Harry Potter e os Talismãs da Morte


A MINHA OPINIÃO:
Chegou mais um novo capítulo da saga de Harry Potter aos cinemas... Para quem não sabe, o sétimo e último livro foi dividido em duas adaptações cinematográficas. A primeira parte chegou este Novembro e segunda parte chegará para o Verão de 2011. E eu, admiradora confessa da série "potteriana" estava desejosa de o ver. Os livros de J.K.Rowling marcaram a minha adolescência e os filmes são uma forma de entrar de novo no mundo da aventura e da magia. Este filme é, para mim, um dos melhores da saga! Porém, aqueles que não estão familiarizados (quem não está?) com mundo "potteriano" podem não apanhar todas as nuances desta nova metragem. Harry, Ron, Hermione deixaram para trás os momentos felizes e idílicos na segurança dos muros de Hogwarts e substituíram-nos pelo perigo e pela luta pela sobrevivência. Correm contra o tempo e contra os planos maléficos de Lord Voldemort em busca dos Horcruxes, fragmentos da alma do Senhor das Trevas. David Yates realiza o seu terceiro filme do universo Potter e fá-lo competentemente! O filme adquire uma atmosfera mais negra com uma fotografia brilhante de Eduardo Serra contudo, não falta humor ( os gémeos Weasley e o Ron são demais!) ternura e amizade. Amizade, essa que é posta à prova! Harry, Ron e Hermione verão a sua relação ser testada ao máximo... Será a amizade mais forte que a desconfiança ou que um Horcrux? O trio segue os passos de Dumbledore e na posse do seu enigmático legado, deparam-se com outros artefactos, os Talismãs da Morte. Estes, segundo a lenda, foram criados pela Morte para três irmãos. A parte em que Hermione conta a história é fantástica! Os gráficos que foram adoptados para contar a aventura dos irmãos são belíssimos! Radcliffe, Grint e Watson cresceram em frente aos nossos olhos e por vezes, esquecemos que eles são actores e que mantêm interpretações consistentes há quase uma década. Ralph Fiennes é arrepiante como Lord Voldemort. Tudo nos seus gestos e maneirismos denuncia maldade e insensibilidade. Só poder supremo o seduz! Imelda Stauton é mais a mais irritante das personagens ( com seus gatinhos e laçinhos), Umbridge. Perfeita! E claro, Dobby é o mais elfo mais adorável e corajoso do mundo!!! E a sua cena final foi capaz de arrancar alguma comoção e, atrevo-me, lágrimas na sala!O filme deixa aquela sensação de história inacabada mas, é normal sendo esta apenas uma parte. Todavia, há um leve perfume a esperança no ar, um aroma a confiança, que aponta para um futuro melhor! Um bom filme e sim, vou esperar ansiosamente uma data de meses pela conclusão. Nem me lembrem disso! Contando os dias...:p

TRAILER:




video

3 comentários:

  1. Eu vi!! :D
    A verdade é que também gostei muito do filme!

    Comparações com o livro? Bom, ainda não posso fazer! A verdade é que ao contrário de muitos dos leitores que conheço a saga Harry Potter não marcou a minha adolescência a nivel literário e apenas fui seguindo os filmes. No entanto, já tinha prometido ler a saga e este filmes foi mais do que o pontapé que eu precisava para começar! :D

    Boas leituras,
    Estrela

    ResponderEliminar
  2. Não segui a saga em cinema.
    Vi o primeiro filme com imensa curiosidade, mas como ficou muito aquém daquilo que esperava fiquei-me apenas pelos livros.
    Agora fui ver este por ser o último da saga e devo dizer que gostei muito e só tenho pena de ter de esperar até ao Verão do próximo ano para ver a segunda parte... ;)

    ResponderEliminar