sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Balanço e Top de leituras 2011


2011 está chegar ao fim... 2012 será o ano que se segue!  Parece que o nosso D. Sebastião ainda não encontrou o seu cavalo branco porque ainda não encontrou o seu caminho para casa após Alcácer- Quibir! "O mito é um nada que é tudo..."À espera de um salvador francês ou de uma salvadora alemã, a moeda não sai do poço dos desejos! Enquanto isso, para lá Mancha, vive uma Rainha firmemente sentada no seu trono tal qual Excalibur na rocha aguardando o Rei Artur. Será que que foi em terras de Sua Majestade que o cavalo de D.Sebastião se perdeu? Ou será do outro lado do mundo onde as Três Gargantas engoliram a EDP? Parece que desta vez nem o Tio Sam montado no Hidalgo nos safa...À rasca e em busca de um grito de Ipiranga, D. Afonso Henriques parece que perdeu o freio conquistador! Enquanto não chega um D.Pedro ou um D. Sebastião que continua à procura de um cavalo branco, o fado é património e a moeda continua a imitar o Titanic.Se eu fosse El-Rei deixava-me de esquisites e trazia um corcel preto, castanho ou malhado! Porque D. Afonso está prestes a bradar às armas e não há soldados que o sigam ao não ser o Zé Povinho, que pobre coitado ficou depenado! Até a sua mulher o abandonou, trocou-o pelo senhor Emigração. A nós, restam-nos a Esperança que, conseguiu fugir à nova austeridade, gorda de tanto subsídio...:p

Mas antes que chegue 2012, há que recontar 2011.  A verdade é que, este ano, não consegui cumprir a minha meta de 75 livros. Fiquei-me pelos 55. Acho que os outros 20 ficaram encarcerados algures em S. Bento! Propus-me a ler 4 clássicos este ano. Li As Aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi, Um Conto de Natal de Charles Dickens (ainda não publiquei a crítica), A Queda de Albert Camus, A História Mais Bela de Kipling. Isto se classificarmos as duas últimas leituras como clássicos já que também se inserem na categoria seguinte. Outro desafio era ler pelo menos, 3 nóbeis da literatura. Foi cumprido com Albert Camus, Rudyard Kipling e A Dávida de Toni Morrison.


Outra resolução que não passou de uma intenção foi ler mais autores lusos.:( Não li nenhum o que é um crime pois tenho um Saramago, uma Rosa Lobato de Faria e um David Soares na estante. Também li menos livros que o ano passado. O meu tempo para ler está a diminuir devido a faculdade e a minha paciência também. Livros sem carácter nenhum e cópias baratas de outros escritores perturbam o meu sistema nervoso nomeadamente, leituras enfadonhas que se tornam ainda mais aborrecidas após um dia de estudos e trabalho. Apesar de alguns percalços e desilusões, fiz viagens maravilhosas... Aqui está o meu top:

O melhor livro do ano foi: A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Záfon seguido bem de perto pelo A Glória dos Traidores de George R.R Martin e pelo O Toque de Midas de Colleen McCullough.

As piores desilusões do ano foram Nunca te Esqueci de Michael Baron e As Quatro Últimas Coisas de Paul Hoffman.

Espero que 2012 traga melhores leituras a todos e que o D.Sebastião encontre o seu caminho:p...Feliz Ano Novo a todos!!!

10 comentários:

  1. Bom ano de 2012 com muitos e bons livros

    www.pereirasbooks.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Antes de mais, gostei muito do teu texto, particularmente da passagem "Se eu fosse El-Rei deixava-me de esquisites e trazia um corcel preto, castanho ou malhado!" :p
    É verdade que a faculdade diminui muito o tempo para ler, também senti isso... Mesmo assim, 55 livros não é nada mau, muito pelo contrário!
    Quanto ao teu TOP, só li os d"As Crónicas de Gelo e Fogo" e "A Sombra do Vento", que, como viste, também fazem parte do meu.
    Resta-me desejar-te igualmente um Feliz 2012, recheado de boas leituras! :)

    ResponderEliminar
  3. Feliz Ano Novo minha querida! Estou ansiosa por continuar com George Martin! É tudo a falar bem do homem!

    Beijinho grande*

    ResponderEliminar
  4. Adorei o teu texto, posso partilhar no meu Blog com as devidas referências e direitos de autor!?
    Bom Ano de 2012.
    Bjocas

    ResponderEliminar
  5. Maria,

    um Bom ano para ti e para os teus!

    Jose,
    obrigada:). A faculdade tira-nos muito tempo mesmo mas, mesmo assim não nos saímos nada mal!:) Um Feliz 2012 para ti também e cheio de boas leituras!

    Sofia,
    Oh minha querida, já vão uns aninhos desde que nos conhecemos aqui no blogger. O teu blog continua a ser uma referência para mim e admiro muito o teu trabalho e espero que em 2012 continue! Feliz Ano Novo!

    Clarinda,
    primeiro obrigada e, segundo claro que podes publicá-lo:)... Obrigada por pedires permissão.Bom Ano Novo:)...

    ResponderEliminar
  6. Bom Ano Novo, Jojo!

    Quanto ao teu top concordo com o Zafón e, embora só tenha lido dois livros do Martin, concordo que
    é um autor incrível. Tenho curiosidade com alguns dos autores que referes e espero poder ter, entretanto, a possibilidade de os ler. :)

    Beijinhos e tudo de bom. :D

    ResponderEliminar
  7. Gostei do post... Muitas e melhores (se possível) leituras para 2012 ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Oi jojo, eu acho que 55 livros é muitoo bom, a minha meta era de oitenta e foi um pouco menor! Estou louca para ler A sombra do vento, deve ser um livro otimo mesmo! XD
    Que seu 2012 seja demais, que muita coisa legal aconteça com vc! E que venha mesmo otimas leituras! \o

    ResponderEliminar
  9. Tanta coisa que não li e que ainda quero ler :P

    ResponderEliminar