segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Jane Eyre de Charlotte Brontë



«Uma verdadeira obra-prima da Literatura Universal. Está cheia de pathos, lições de vida, amores perdidos e encontrados (…) Um marco da emancipação feminina imprescindível para todas as idades.»
The New York Times

«Jane Eyre marca a fulgurante entrada em cena de um novo tipo de heroína: a mulher desprovida de bens materiais, desprovida de nome de família e do conforto do respectivo estatuto, forçada a ganhar a sua vida e o respeito de todos na Inglaterra vitoriana, com os seus fortes códigos repressivos e classistas.»
Os Meus Livros

«Ao folhear Jane Eyre somos levados pelo génio, veemência e indignação da autora A força, o brilho e a magia do seu coração iluminam cada página.»
Virginia Woolf




A MINHA OPINIÃO:



Um dos melhores livros que já li! Conta a história de Jane, uma órfã que é acolhida pelos tios. Após a morte do tio, irmão da mãe da protagonista, esta fica à mercê da tia. Faltando a promessa que fizera ao seu marido de educar Jane como sua filha, Mrs Reed a maltrata e a acusa de todos os males. Numa tentativa de se ver livre da rapariga, Mrs Reed envia-a para o colégio interno de Lowood. Aí, Jane enfrenta com coragem e determinação os obstáculos e provações que o destino lhe coloca. Torna-se professora e após responder um anúncio chega Thornfield Hall. Na mansão de Mr. Rochester exerce o cargo de preceptora de Adéle, a jovem pupila do seu patrão. Jane acaba por se apaixonar perdidamente por Mr.Rochester. Mas o seu amado esconde um passado tenebroso e evolto em mistério. Não vou desvendar muito mais porque senão perde a graça... O que mais gostei foi ver que Jane era uma mulher inteligente e emancipada contestando as restrições da época e claro a magnífica história de amor entre Mr. Rochester e Jane. Um amor que supera e vence todas contrariedades. É um clássico intemporal e uma leitura deliciosa...



PS:Que bom estar de férias para pode ler livros e mais livros...








video

2 comentários: